• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • A dor machuca, o choro cura!

    Chegou novamente aquele dia do mês que tanto odeio, não gosto de falar sobre isso, pelo menos não abertamente, (Menstruação) a minha vem a cada 3 ou 5 meses, é bem desregulada por que tenho cistos no útero e ovários, mas quando vem é aquele drama, fica quase dez dias e é um fluxo constante, fico de mal humor, brigo com quem estiver por perto e como muito bolo de chocolate, me torno uma chata (ainda bem que meu marido é compreensivo, pois sobra tudo pra ele coitado).
    Eu choro muito, é uma coisa anormal, se alguém olhar para mim e perguntar "Está tudo bem?" se prepare por que eu vou chorar, eu fico sensível, brigona e inchada, se eu ver uma coisa triste na televisão ou um filme que já vi mil vezes eu choro, se me disserem uma coisa que eu não aceito, normalmente eu ficaria quieta, mas nessa época do mês eu brigo por aquilo e vou impor minha opinião, mesmo que não seja a mais sensata. Sinto dores nas costas e muita cólica, mas não gosto de tomar remédios para dor, passei metade da minha adolescência enfiada em hospitais tomando soro na veia para aliviar minhas cólicas e tenho pavor de tomar qualquer tipo de remédio, prefiro sentir a dor, nada que um pouco de choro não cure, pois descobri que chorar alivia, sim parece algo estranho e absurdo, mas chorar já curou muitas dores, não apenas na carne mas também dores sentimentais.
    Eu gosto de chorar, principalmente se eu estiver sozinha, chorar até soluçar ou cair em um sono profundo, o qual normalmente acordo no dia seguinte me sentindo bem mais aliviada, e gosto de fazer isso sozinha porque tenho medo de chorar com pessoas por perto, tenho medo de julgarem errado meu motivo para chorar e acharem que estou necessitando de atenção, e não eu não necessito de atenção, aliás eu odeio isso, gosto de me isolar, eu sempre engulo a vontade de chorar para quando estiver sozinha, mas quando faço isso sempre acabo chorando o dobro depois, não me considero estranha e nem diferente e tenho certeza que existem muitas mulheres que se sentem assim como eu, algumas não admitiriam, mas tenho certeza que muitas se identificariam.
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO