• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Circuito caixa de corrida 2017

    Ontem eu tive o prazer de participar da primeira corrida da minha vida, meu namorado já corre há um pouco mais de um ano e sempre me chamou para treinar, mas a preguiça e o ócio não deixavam, ontem resolvi sair da minha zona de conforto e tentar, depois de ir dormir as 01h30 da madrugada porque as malucas das minhas irmãs resolveram ir á um barzinho na noite anterior a da corrida, tivemos que acordar ás 4h para ir para o Pacaembu, eu ia deixar Maria Luiza com minha mãe, mas no último minuto resolvi leva-la, quero ter o máximo de experiências possíveis ao lado da minha filha e inclui-la em tudo que eu fizer, sendo assim fiz o circuito empurrando um carrinho de bebê, foi uma experiência nova, porém prazerosa, e Maria Luiza foi sucesso na corrida rsrs, com certeza irei participar mais vezes.
    Eu participei da prova de 5 quilômetros, já Wellington participou da de 10 quilômetros. 







    Essas minhas manias

    imagem: We heart it

    "Josielma Ramos"

    Vivemos algo lindo,
    Era amor verdadeiro,
    Mas você não quis ir até o fim para ver no que daria,
    Foi covarde e fugiu,
    Talvez tenha sido melhor para nós dois,
    Você é tão certinho e eu essa bagunça emocional,
    Eu sou poeta,
    Artista,
    Tenho minhas manias,
    Eu acordava no meio da noite para escrever,
    Você reclamava da minha coleção de canetas, 
    E de às vezes do nada eu sair correndo para anotar algo que me vinha à mente,
    Eu tinha mil manias que irritavam você...
    Agora você tem ela!
    Não a conheço,
    Mas duvido que ela seja como eu,
    Tenho certeza que ela dorme a noite inteira sobre o seu peito
    E que não desperta nas madrugadas como eu fazia,
    E tenho certeza que você sente falta dos meus sobressaltos no meio da noite,
    Você sente falta das minhas manias,
    Você sente falta das minhas loucuras,
    Mas você nunca mais presenciará nenhuma delas.

    A Teoria de Tudo: A Extraordinária História de Jane e Stephen Hawking - Resenha de Thales Augusto




    Sinopse: A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen. Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único. Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida. O livro que inspirou o emocionante filme A Teoria de Tudo.

    Resenha: O livro "A teoria de tudo" é bem complexo e relata o relacionamento de Jane e Stephen Hawking e as dificuldades que ambos passaram devido à doença de Stephen, ele é diagnosticado ainda jovem com uma doença degenerativa chamada de Esclerose Lateral Amiotrófica, conhecida como “ELA”, que é uma distrofia neuromuscular que provoca a destruição progressiva dos neurônios responsáveis pelo movimento dos músculos.
    O livro deixa claro que por trás de todo grande homem sempre há uma grande mulher, Jane se apaixonou por Stephen mesmo ciente de sua doença, sabendo que poderia a qualquer momento ela ficar responsável por Stephen, quando jovem Jane se apaixona por Stephen um garoto tímido, porem extremamente inteligente e então iniciam um namoro.
    Entre o encanto do primeiro amor e as ideias brilhantes do ainda garoto Stephen, esse relacionamento cresce com o passar do tempo e mesmo com a complicação da doença cruel de Stephen, Jane aceita o pedido de casamento feito pelo jovem apaixonado.
    Jane explica no livro que seu casamento não se resume a ela e Stephen, além do casal tem um fator de extrema importância a doença, mesmo com toda a dedicação a seu marido a degeneração torna o casamento muito complicado e com os anos se junta ao casamento um novo fator a física, Stephen começa a dar mais tempo as suas formulas e teorias do que a sua esposa, Jane começa receber cada dia menos atenção, ainda mais que aos poucos Stephen começa a se tornar famoso, trilhando seu caminho como Stephen Hawking um físico conhecido mundialmente.
    Jane deixa de viver seus sonhos para viver os de seu marido e o pouco tempo que lhe resta ela se dedica a família, e isso faz com que ela se sinta ofuscada pelo brilho e genialidade de Stephen.
    Algo que se torna interessante no livro são os debates religiosos que ocorremwkk entre Stephen e Jane, ele ateu diz que suas teorias não tem espaço para a fé, já Jane encontra na fé um refugio para suportar as dificuldades de seu dia-a-dia, com o tempo esse e outros empecilhos vão degastando o casamento.
    Vemos a cumplicidade de Jane a Stephen neste livro, ela se torna responsável por cada atividade de seu marido, o livro mostra que os enfermos sofrem muito, mas as pessoas que os amam sofrem da mesma forma ou mais, por ver o seu ente querido naquela situação e não poder fazer nada para mudar aquilo.
    A história dessa família nada convencional foi esclarecida de forma sincera pela autora deste livro Jane Hawking a primeira esposa do físico renomado Stephen Hawking. Jane fez o possível para salvar o seu casamento, porem as dificuldades da vida acabaram deteriorando tudo. Isso nos mostra que as vezes apenas  o amor não é o bastante, para levar um casamento a diante, mas nos mostra que tem coisas que só o amor suporta.

    Meu dilúvio


    Imagem: We heart it

    "Thales Augusto - Montanha"

    O dilúvio é um desastre natural
    Mas o que seria do mundo sem o diluvio
    Não teríamos a arca de Noé 
    Não teríamos uma chance de recomeçar 
    Eu vejo o dilúvio como uma oportunidade 
    De mostrar suas forças 
    De aproveitar a chance de um recomeço
    O diluvio traz consigo algo bom
    Ele destrói tudo de ruim que já aconteceu e dá a chance de você começar do zero 
    Ninguém passa por dois dilúvios
    Chuvas passageiras tem inúmeras em nossa vida.
    Mas dilúvio tem apenas um.
    Você é o meu dilúvio.

    Thales Augusto: Nosso novo colunista

    Olá galera, hoje tenho uma novidade para contar, estamos aumentando a equipe de uma pessoa do blog e agora seremos duas pessoas, isso mesmo, agora teremos um colunista que irá fazer resenhas literárias toda quinzena aqui no blog, é um grande amigo meu e colega de faculdade Thales Augusto, então irei fazer uma breve apresentação para que vocês possam saber um pouquinho mais sobre ele.


    Thales tem 25 anos, reside em Osasco - SP, faz faculdade de letras, é ex bancário, escritor e poeta, ele sonha em escrever um best seller, gosta de ler gêneros como suspense, mistério e contos, é fã de Harry Potter e Game of Thrones.
    Escreve poemas maravilhosos o que nunca admitirei para ele nem sob tortura, tem uma alma linda e sensível, é um cara super talentoso e um dia será um grande escritor, então guardem seu nome 

    Citação que Thales leva pra vida:
    "Espere o melhor, prepare-se para o pior e aceite o que vier".

    Então vamos dar as boas-vindas a ele e bem vindo ao Como vejo o mundo.

    Onde encontrar o trabalho dele: Montanha Escritor


     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO