• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • A alma não tem cor

    "Josielma Ramos"

    Sou Negra ou sou Branca?
    Minha raça se misturou,
    O que eu sou?
    Minha Bisavó era indígena,
    A mãe da minha mãe é tão negra quanto a noite,
    E o pai de meu pai tinha olhos azuis como lagoas.

    Minha mãe negra,
    Meu pai branco,
    Minhas irmãs brancas,
    Eu nasci diferente,
    Moreninha, moreninha.

    Mas e ai o que sou?
    Onde me encaixo?
    Se digo que sou negra, alguns estranham,
    Dizer-me branca nunca,
    Jamais passou pela minha cabeça,
    Não me vejo assim.

    Já me chamaram,
    Mulata, morena, parda...
    Mas o que sou?
    Quem eu sou?

    Meus olhos são pequenos,
    Meus cabelos cacheados,
    Volumosos,
    Meu nariz é fino,
    E meus lábios grossos.

    E cada vez fico mais morena,
    Me queimo no sol,
    Ninguém sabe dizer ao certo,
    A qual cor eu pertenço,
    Mas eu sei quem eu sou,
    E o que importa é o que está no meu coração.

    Como diz a canção de Chico César,
    A alma não tem cor,
    Poque eu sou branco?
    A alma não tem cor,
    Porque eu sou negro?

    Branquinho,
    Neguinho,
    Branco negão,
    Percebam que a alma não tem cor,
    Ela é colorida,
    Ela é multicolor.
    Comentários
    2 Comentários

    2 Comentários:

    1. Que lindo esse texto minha linda. Já passou da hora das pessoas pararem de ter que se rotular, rotúlo é para latas. Não é necessário uma definição, sou azul, amarelo ou vermelho. Como você mesma diz, a alma não ter cor. Espero que mais pessoas consigam entender isso.
      http://sabrinaikeda.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Essa música do Chico César sempre me marcou, e eu sempre me senti colorida rsrss.

        Beijos

        Excluir



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO