• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • FUI TOLA DE PENSAR QUE NADA PODERIA DAR ERRADO!

    Tem uma música que gosto muito, é que ela me faz pensar cada vez que a escuto, sou muito fã de "Lily Allen" e amo as músicas dela, mais a minha favorita é 22...vou escrever a tradução dela para que vocês possam entender um pouco do que eu estou falando.
    22
    "Lily Allen"

    Quando ela tinha 22 anos, seu futuro parecia brilhante
    Mas agora já tem quase 30, e está fora toda noite
    Vejo aquela feição em seu rosto e nos olhos, aquele olhar
    Ela se pergunta como chegou aqui e quer saber o porquê

    É triste mas é verdade o que a sociedade diz
    Que sua vida já acabou
    Não há nada a fazer e nem nada a dizer
    Até que o homem dos seus sonhos apareça e a coloque nos ombros
    Parece tão impossível nos dias de hoje

    Ela tem um bom emprego, mas não é uma carreira
    Sempre que ela pensa nisso, começa a chorar
    Tudo que ela quer é um namorado
    Mas só consegue noitadas
    Ela pensa "como vim parar aqui"
    "Estou fazendo tudo que posso"

    É triste mas é verdade o que a sociedade diz
    Que sua vida já acabou
    Não há nada a fazer e nem nada a dizer
    Até que o homem dos seus sonhos apareça e a coloque nos ombros
    Parece tão impossível nos dias de hoje

    É triste mas é verdade o que a sociedade diz
    Que sua vida já acabou
    Não há nada a fazer e nem nada a dizer
    Até que o homem dos seus sonhos apareça e a coloque nos ombros
    Parece tão impossível nos dias de hoje.

    A parte que realmente me faz pensar é, quando tinha 22 seu futuro parecia brilhante, mas agora já tem quase 30...
    No dia 1º de janeiro farei 24 anos, todo ano é a mesma coisa, virada de ano, aniversário, lágrimas...
    Tenho sonhos e muitas vontades, sempre começo o ano com lágrimas por estar ficando mais velha, isso desde os 15 anos, talvez seja medo de crescer, talvez seja medo das poucas opções que escolhi na vida (me refiro a profissional), todo ano decido começar a faculdade, mais sempre tenho dúvidas sobre o que cursar, gosto de muitas áreas, mais as pessoas no meu ouvido dizendo faça isso, faça aquilo, a necessidade da aprovação dos meus pais e as criticas de alguns membros da família, minhas irmãs mais novas que já estão quase se formando, tudo parece uma grande pressão, me sinto prestes a explodir, não estou colocando a culpa de minhas escolhas em cima de ninguém, mais é que sempre tentei ser a filha perfeita, porque era isso que meus pais queriam, e quando pela primeira vez na vida fiz uma escolha minha, fui bombardeada por criticas, fazer o que? A vida não é perfeita, (tá isso ficou meio clichê rsrsss).
    O que estou tentando dizer, e como a música já diz, é que estou envelhecendo, amadurecendo e vendo as coisas acontecerem, o futuro brilhante que eu tracei pra mim não é mais o mesmo, meus sonhos ainda são os mesmos, mais não são mais prioridade, não porque eu não queira, mais é que crescer nos obriga a ter certas responsabilidades.
    É que cheguei em um ponto da minha vida que já estou tão farta e sem inspiração, meu espirito está inquieto em um vôo sem fim, só quero que o passado seja o som de meus pés no chão  a procura da próxima aventura sem me preocupar com os problemas e com o que os outros vão tentar ou pensar.

    Obs: texto escrito em dezembro de 2012
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO