• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Desabafo

    Esse é um pequeno texto que escrevi há um tempo atrás e que gosto muito, pode ter ficado meio deprimente, mais é assim que gosto dos textos que escrevo!



    Minha vida vai se deteriorando pouco a pouco, me pergunto como cheguei nesse ponto, como deixei isso acontecer, e se a culpa de estar assim é realmente minha.
    Tento encontrar explicação, porque não é possível que minha vida esteja se esvaindo tão depressa por entre meus dedos, sem que eu possa fazer nada para mudar o rumo da situação, tento gritar mais tudo que ouço é um gemido rouco e fraco de uma voz que um dia já foi forte, alta e estridente, lágrimas percorrem meu rosto, e nada as param, tento enxuga-las, as fazer pararem, mais novas brotam nos cantos de meus olhos.
    Sinto-me nua, uma pessoa crua, uma tela vazia, sentimentos escassos, um objeto inanimado, a única forma de comunicação são as palavras que ninguém pode me tomar, isso não, isso me pertence, é meu por direito, meu... Será mesmo ou só estou tentando me convencer? Não, tenho certeza! Isso é meu... Um prazer só meu, e sendo assim talvez eu ainda tenha algum controle sobre minha vida medíocre!
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO