• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Era pra ser um poema.




    A raiva me invade,
    É uma raiva irritante,
    A raiva me consome,
    E não me deixa um instante de paz.

    Não que eu costume ser uma pessoa odiosa com todo mundo, é que ultimamente tem muita gente merecendo a minha raiva, eu poderia listar os campeões , fazer até uma lista dos  100 mais, ou por em ordem alfabética e premiar o primeiro lugar, sei lá, (pra quem não sabe isso é sarcasmo).
    Parece que nessa fase da minha vida, me tornei uma pessoa facilmente irritável, quando finalmente consegui tempo e vontade pra fazer tudo que gosto, mais a que preço? Sem tempo para os amigos que só me cobram presença, não dá pra ser tipo a mulher maravilha e salvar o dia de todos, sinto muito, a vida é injusta? Não é só pra você, nem todo mundo consegue o que quer, cresça, acostume-se, evolua, esse é o mundo, não o faz de conta que você tem na cabeça deste os 4 anos de idade, e não me faça parecer a bruxa má.
    Cansei dessa besteira, tudo é muito chato, chega passou, não dá pra viver remoendo o passado, ande pra frente, é o único caminho a seguir, senão você fica ai estagnado perdido no tempo, e o que acontece? Sua vida acaba e você arrasta todos ao seu redor, só uma pessoa muito idiota, pra não perceber o que faz. E olha que isso era pra ser só um poema.
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO