• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • A dor e o amor


    "Josielma Ramos"

    O amor que antes não tinha,
    Agora arde em meu peito,
    São gotas de orvalho,
    A escorregar pelo meu rosto,
    Gotinha a gotinha.

    A dor é tamanha,
    Não sofre repreenda
    Uma catástrofe,
    De exageros completa,
    Ao meu peito adere.

    Difícil explicar,
    O tamanho da dor,
    Difícil explicar,
    De onde vem tanto amor.

    Eu falo sozinho,
    Eu fico sozinho,
    Talvez devesse,
    Encontrar meu ninho.

    Não sei como faço,
    Para essa dor esquecer,
    Te conheci,
    E agora só quero você.

    Me dê uma resposta,
    Resposta rápida,
    Que no meu peito inflama,
    Uma paixão urgente,

    Sozinha,
    A margem,
    Espero-te,
    Afogo-me,
    Sozinha.

    E assim fico,
    A pensar em ti,
    E assim fico aqui,
    A esperar por ti.
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO