26 julho 2013

Deserto

"Josielma Ramos"

Estava tão só e distante,
Com areia quente,
Queimando minha pele.

Estava tão cansada,
Sem vontade de mais nada,
Não queria caminhar,
Naquela estrada sem mar.

O ar queimava minha vida,
Me afogava no deserto sem fim,
A náusea me consumia,
No balanço do mar sem mar.

Talvez fosse miragem,
Talvez plena ilusão,
Mais minha vida se esvaia,
Na total escuridão.

3 comentários:

  1. Retribui dando uma passadinha no meu blog e seguindo-o? Espero que goste dos textos, qualquer coisa deixe seus pedidos e palpites sobre o blog nos comentários. Agradeço desde já...

    papodeconfidente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii, o seu blog tá lindo! Passei pra avisar que te marquei em um selo :D
    http://vaidesalto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, esse é meu primeiro selo, que alegria, vou dar uma passada lá no seu blog agora...Beijos

      Excluir

Meu primeiro Vlog | Treino da fé | Corrida de rua

Na sexta-feria santa rolou o treino da fé que é uma corrida de rua que vai de Perus até Pirapora do bom Jesus, como eu sou a pessoa mais at...