• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Soneto da Distância

    "Josielma Ramos"

    De repente o barulho se calou
    E para o espanto de todos
    Ele a olhou
    Tais seus modos

    Um bruto insenssivel
    Mais apaixonante
    Um amor quase impossível
    Uma paixão errante

    Sozinha não estava mais
    E sua alma contente estava
    Mas... o que ele queria aliás?

    Ele a amava
    Mais distante ela ficou
    Meu Deus, o que fazer se ele se calou?
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO