• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Fui, sou, serei...

    "Josielma Ramos"

    Sou uma nascida livre,
    Das dores do passado me libertei,
    Das angustias já vividas,
    Mais forte me tornei.

    Sou poeta,
    Em berço sem luxo nascida,
    Nas mãos da vida apanhei,
    Nas assas dos anjos fui salva,
    Redimida.

    Fui a culpada liberta,
    Dos pecados castigados,
    Livre de culpa e dor.

    Fui flor do jardim secreto,
    Entregue ao peito do amado,
    Com espinho a lhe rasgar a própria pele.

    Fui chuva, fui sol,
    Primavera,
    Já fui outono.

    Eu sou sem ser,
    Um alguém,
    Alguma coisa,
    Outro alguém,
    Talvez uma moça, talvez o riso.

    Que eu seja a alegria,
    Sorriso estampado no rosto,
    Que eu seja sua lagrima perdida,
    A perdurar a noite toda.

    Que eu seja a que perde,
    Pra ter um dia,
    Que eu seja a que ganhe,
    Pra ter mais uma noite.

    Que eu seja a que sofre,
    Pra te ter feliz,
    Que eu seja a que morre,
    Pra te ter enfim.
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



    Visões Poéticas

    Visões Poéticas
    clique para comprar

    Borboletas na garganta

    Borboletas na garganta
    clique para comprar

    ♥ Facebook

    Seguidores

    O que estou lendo!

     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO