• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Antes da meia-noite

    "Josielma Ramos"

    Antes da meia-noite ela é uma menina,
    Produzida para ser perfeita,
    Feita sob medida,
    Para ser a futura mulher ideal,
    Mulher idealizada,
    Mulher criada nos moldes
    Transformada para ser o desejo de alguém.

    Antes da meia-noite ela calça os sapatos,
    Veste o vestido de baile,
    E coloca a fita no cabelo,
    Ela ainda é uma criança,
    Tão pura e tão meiga,
    Não sabe o que a espera atrás da porta.

    Antes da meia-noite ela olha pela janela,
    A lua está vermelha,
    Algo estranho está para acontecer,
    Ela olha no espelho,
    E não reconhece a própria face,
    Já não é mais a mesma de antes.

    O Ponteiro do relógio marca a hora,
    Já é meia-noite,
    E o tempo não volta atrás,
    Ela não tem para onde fugir,
    Já não é aquela menina,
    Tão simples e singela.

    Ela se transformou em um furacão,
    Sua boca se abriu em vulcão,
    Não se calou diante de nenhuma injustiça,
    Tornou-se dona de si,
    E não queria aquele futuro planejado,
    Tirou os sapatos e rasgou o vestido.

    Descobriu um poder sobre si,
    Descobriu a força emanar dela,
    Correu pela noite afora,
    Atrás da nova liberdade adquirida,
    Não olharia para trás,
    Não voltaria nunca mais.
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO