• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Ponte

    "Josielma Ramos"


    Ainda é cedo para mim
    Lá fora a chuva caí
    Estou em meio ao desespero
    Não estou mais em mim.

    Meu medo de cruzar a ponte
    Cresce a cada instante
    Mais será que é da ponte
    Esse medo constante?

    Sinto frios, meus pés descalços, estão gelados
    E não tenho ninguém para aquecê-los
    A noite escura cai, mas mesmo assim
    Ainda é cedo pra mim.


    "Poema do livro Visões Poéticas"
    Comentários
    0 Comentários

    0 Comentários:

    Postar um comentário



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO