• Home /
  • Sobre /
  • Contato /
  • Categorias
  • Brigamos é amor!


    "Josielma Ramos"

    É sexta a noite e estaria tudo bem se você não estivesse com aquele olhar,
    De quando te falo algo importante e você acha chato e me ignora,
    Você pensa em algo para dizer, para me humilhar na frente das pessoas,
    E eu começo a falar com aquela voz irritante que você tanto odeia,
    "Nossa como você é inteligente"
    Então você vai me chamar de idiota e todos vão sentir vergonha por mim,
    Mais eu nem ligo.

    Brigamos e eu sei que isso não está certo,
    Sou eu que seguro nosso alicerce com as pontas dos dedos,
    Mais já me escapam,
    E nem faço esforço para segurar mais,
    Quando você se chateia eu fico feliz.

    Eu deveria esquecer, mais não sou desse tipo,
    Você me diz que sou fria e eu digo que prefiro meus amigos,
    Talvez eu seja infantil e esteja assustada,
    Mais admito eu gosto de te provocar.

    Você bebeu?
    Não quero olhar para sua cara,
    Ela me dá náuseas,
    Você vomitou em mim.

    Eu já devia imaginar, não é nenhuma surpresa,
    Só espero não estar presa a esse cara,
    Você chegou as três da manhã e eu nem posso reclamar,
    Eu queria te ligar, mais provavelmente você já está dormindo,
    Tenho que me acostumar a ficar sozinha.

    Me sinto tão aprisionada,
    Está tão escuro lá fora e estou presa ao controle remoto,
    Acontece que eu sou só uma piada,
    Me deixa doente a forma como a gente briga,
    Talvez eu nunca aprenda,
    Mais eu te quero tanto,
    Só mais essa noite.




    Comentários
    2 Comentários

    2 Comentários:

    1. Nossa, bem bacana seu poema! Continue assim que está perfeito!

      Abrç, Jeffrey

      http://jeffreycorreia.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. obrigada, já visitei seu blog e seus poemas são fascinantes, parabéns.

        Beijos

        Excluir



     
    Copyright © Como vejo o mundo | Blog | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO